28/06/2016 às 12h48min - Atualizada em 28/06/2016 às 12h48min

Jaboti pode ter a construção de 38 moradias rurais

pmj

O prefeito de Jaboti, Vanderlei de Siqueira e Silva, o Lei da Lica (PSDB), visitou a sede da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), em Curitiba, nesta quarta-feira (1). Ele foi recebido pela assessora da presidência Jocely Loyola, com quem conversou acerca do andamento dos projetos habitacionais desenvolvido em parceria pelos órgãos no município. 
Atualmente, o governo estadual e a administração municipal trabalham em conjunto nos projetos de 38 casas rurais já contratadas junto ao governo federal. Destas, 28 estão em obras, com cerca de metade do cronograma concluído, e as outras 10 aguardam apenas a definição de detalhes técnicos para início da construção. 
Os imóveis foram viabilizados com recursos do Programa Nacional de Habitação rural, com investimentos de aproximadamente R$ 1,1 milhão em recursos provenientes dos três níveis do poder público. Com os subsídios, o público-alvo do programa, formado por agricultores familiares do município, precisará arcar apenas com quatro parcelas anuais de R$ 285 de financiamento por casa. 
“Queremos dar mais agilidade aos processos e entregar estas moradias o quanto antes, pois essa é uma necessidade dos nossos pequenos produtores”, comenta Silva. “Contamos com o governo estadual e a Cohapar, que tem nos prestado muito apoio, para resolver todas as pendências”, conclui o prefeito. 
Outra ação integrada em andamento permitirá que 49 famílias da área urbana de Jaboti realizem o sonho da casa própria. O projeto encontra-se em processo licitatório para a escolha da construtora responsável pelas obras e deve ser posteriormente encaminhado à Caixa Econômica Federal para análise e liberação de recursos. Os investimentos são estimados em aproximadamente R$ 4 milhões por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). 

ATENDIMENTO EMERGENCIAL

 Durante a reunião, o prefeito aproveitou para solicitar o apoio do governo estadual no atendimento a famílias atingidas pelas fortes chuvas que ocorreram em Jaboti. Segundo Jocely, o governo estadual está trabalhando para fornecer novas opções de projetos próprios para atender situações como essa. 
“Por iniciativa do governador Beto Richa, foi criado o Fundo Estadual de Combate à Pobreza, o que permitirá ao Paraná continuar investindo em habitação de interesse social mesmo com o complicado cenário nacional”, explica a assessora da Cohapar.

Fonte: Folha Extra

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »